Esplendor da maturidade

30/11/2019

Bom gosto e alta percepção: designer de moda Pierre Cardin (Foto: Reprodução)

 

  • O estilista Pierre Cardin chega aos 97 anos ainda atento ao trabalho que, ao longo de muitas décadas, proporciona-lhe prazeres como as moradas que ocupa em temporadas alternadas entre a Itália e a França.  Uma delas é o Palazzo Ca’ Bragadi, remanescente do estilo da nobreza de Veneza do século XVIII, e que ele apresenta com ironia e bom humor “como sua modesta casa”. Completa dizendo que adquiriu o palácio “porque Casanova vinha aqui para beber e dançar”.
     

  • A admiração por outro personagem incomum, o Marquês de Sade, determinou a aquisição do palácio do escritor libertino. Desde que comprou a propriedade, em 2001, na vila francesa de Lacoste, ela não só serve como seu refúgio para fins de semana como sedia anualmente um festival de teatro, ópera e dança. “Casanova e Sade me fascinam por terem sido autênticos”. Cardin usufrui sua maturidade, realizando sonhos de uma existência dedicada ao trabalho, falando com entusiasmo de suas realizações. Diz com firmeza: “Sempre fui o patrão. Por ser o único dono, sou um homem livre”. Vale destacar que é um dos raros que não vendeu sua a marca a grupos financeiros.
     

  • Os ambientes de suas moradas contam com objetos do restaurante Maxiim’s, e inclusive a garrafa de água mineral tem o selo do famoso restaurante parisiense que é de sua propriedade. Ao gosto italiano, cultiva a elegância pessoal, usando os blazers, sempre com o mesmo corte que caracteriza suas criações masculinas. Completa os trajes com tênis vermelhos, seu calçado preferido nos últimos tempos, determinado pelo conforto que oferecem.
     

Jeanne Moureau e Pierre Cardin (Foto: Reprodução)

 

  • Entre muitas lembranças, recorda que Jeanne Moreau sempre foi uma de suas musas, e com quem viveu um caso de amor. Oficialmente, ela foi a única mulher da vida de Cardin. Seu mais longo relacionamento foi com seu assistente por mais de 40 anos, Andre Olivier. Cardin assinou os trajes de Moreau em muitos filmes.
     

  • Atualmente, ocupa-se também em promover “House of Cardin”, apresentado fora da competição na 76ª edição do Festival de Cinema de Veneza. Aceitou fazer este primeiro documentário a seu respeito, ainda sem data prevista pra apresentação no Brasil, e explica que, por saber que um dia fariam o filme, com ou sem o seu consentimento.
     

  • Sua lucidez e entusiasmo pela vida fazem que seja um dos exemplos de longevidade. Celebra o seu cotidiano com a força de quem soube construir o seu caminho ao longo dos anos.
     

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Ébano: primeira parte

December 4, 2019

1/5
Please reload

Posts Recentes

December 4, 2019

December 4, 2019

December 4, 2019

December 4, 2019

December 4, 2019

November 30, 2019

November 30, 2019

November 30, 2019

November 30, 2019

November 30, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags