Traremos diversas novidades sobre variados assuntos.

Ode a um gênio

Os 40 anos do falecimento de Charles Chaplin estão sendo assinalados este mês. Carlos Drummond de Andrade escreveu o poema A Carlito:


Velho Chaplin:
as crianças do mundo te saúdam.
Não adiantou te esconderes na casa de areia dos setenta anos
refletida no lago suíço.
Nem trocares tua roupa e sapatos heróicos
pela comum indumentária mundial.
Um guri te descobre e diz: Carlito
CARLITO - ressoa o coro em primavera.

Homens apressados estacam. E readquirem-se.
Estavas enrolado neles como bola de gude de quinze cores,
concentração do lúdico infinito.
Pulas intato da algibeira.
Uma guerra e outra guerra não bastaram
para secar em nós a eterna linfa
em que, peixe, modulas teu bailado.

O filme de 16 milímetros entra em casa
por um dia alugado
e com ele a graça de existir
mesmo entre os equívocos, o medo, a solitude mais solita.
Agora é confidencial o teu ensino,
pessoa por pessoa,
ternura por ternura,
e desligado de ti e da rede internacional de cinemas,
o mito cresce.

O mito cresce, Chaplin, a nossos olhos
feridos do pesadelo cotidiano.
O mundo vai acabar pela mão dos homens?
A vida renega a vida?
Não restará ninguém para pregar
o último rabo de papel na túnica do rei?
Ninguém para recordar
que houve pelas estradas um errante poeta desengonçado,
a todos resumindo em seu despojamento?

Perguntas suspensas no céu cortado
de pressentimentos e foguetes
cedem à maior pergunta
que o homem dirige às estrelas.
Velho Chaplin, a vida está apenas alvorecendo
e as crianças do mundo te saúdam.

Atrações do Teatro Colon

O jornal argentino Clarin anunciou os destaques da temporada 2018 do Teatro Colón, de Buenos Airees, que inclui conjuntos e figuras como a Filarmônica de Viena, regida pelo maestro venezuelano Gustavo Dudamel, a soprano russa Anna Netrebko, o tenor peruano Juan Diego Flórez e o baixo barítono Gais Bryn Terfel.

 

Também estarão presentes o maestro argentino israelense Daniel Barenboim, que virá com a orquestra da Staatskapelle, de Berlim, para uma produção de Tristão e Isolda na temporada lírica, que será apresentada em julho com produção de Harry Kupfer.

 

A italiana em Argel, de Rossini, será apresentada em maio com direção musical de Antonello Allemandi, tendo Nancy Fabiola Herrera como protagonista.

 

A agenda 2018 do Teatro Colón inclui o maestro venezuelano Gustavo Dudamel com a Filarmónica de Viena.

 

Agosto estará consagrado a Claude Debussy no centenário da sua morte. Peleas e Melisande será apresentada com a direção de Arturo Diemecke (diretor artístico e de produção do Teatro Colón), colocada na cenografia de Gustavo Tambascio e elenco encabeçado por Verónica Cangemi e Giuseppe Filianotti. A seguinte é La Bohème, de Puccini, que será apresentada em outubro com direção musical de Joeph Colaneri e os cantores Fabián Veloz, Mariana Ortiz, Attala Ayan e Jaquelina Livieri. O oratório As Estações, de Joseph Haydn, será o outro título, em novembro, e dirigido por Carmen Moral e interpretado por um elenco de artistas locais, tendo à frente Daniela Tabernig, Hernán Iturralde e Carlos Ullán.

 

A temporada principal será encerrada com Norma, de Bellini. Serão seis funções entre 30 de novembro e 7 de dezembro. Direção de Renato Palumbo. Barbara Frittoli, Annalisa Stroppa e Gastón Rivero lideram o elenco.

Sorvetes nota 10

Pesquisa realizada pela Euromonitor, líder mundial em pesquisa estratégica para mercados consumidores, divulgou as marcas de sorvetes preferidas entre os fãs da sobremesa gelada. Aqui estão:

1. MAGNUM

É a marca a mais vendida do mundo, conquistando paladares desde 1989.

2. HAAGEN-DAZS

Milhões de pessoas estão acostumadas a comprar este sorvete todos os dias. Criado em Nova York, surgiu com um propósito: vencer seus concorrentes através de uma marca sofisticada. Deu certo. É o segundo sorvete mais vendido do mundo.

3. CORNETTO

A característica do sorvete italiano é poder comer a casquinha, produzida especialmente para impedir a massa de ficar encharcada. Com casquinha ou sem, Cornetto conquistou a 3ª posição da preferência mundial.

4. BEN & JERRY’S

Criada nos Estados Unidos, esta marca foi comprada em 2000 pela Unilever e ainda é a preferida entre milhões de pessoas.

5. BREYERS

Apesar de não ser muito conhecida entre os brasileiros, é referência nos Estados Unidos e no Canadá. Para quem viajar a esses países, vale acrescentar entre as escolhas.

 

6. CARTE D’OR

Sorvete com creme trufado é bom, ainda mais se for da marca Carte D’Or. A marca surpreende pela delícia.

7. DREYER’S

A marca foi comprada pela Nestlé 2002 por 3 bilhões e 200 milhões de dólares. Quer dizer uma coisa: deve ser muito bom mesmo.

8. BLUE BUNNY

É produzido por uma empresa familiar, nos Estados Unidos, há mais 100 anos. O suficiente para agradar ao paladar dos clientes.

 

9. KLONDIKE

Esta empresa também sabe produzir sanduíches de sorvetes. Se o apreciador quer algo inusitado, deve buscar o Klondike.

10. CARTE D’OR

A marca hoje pertence à Unilever e foi criada na França em 1978. O faturamento no ano passado chegou perto de 900 milhões de dólares.

Quatro atrações da Europa

O Velho Continente segue sendo o principal polo turístico do mundo. Algumas sugestões, que fogem dos destinos tradicionais.  

Fiordes, Noruega 

O Oeste da Noruega, conhecido por seus fiordes, tem uma concentração impressionante de vales, glaciares, montanhas e cachoeiras, como a Mardalsfossen, com 655 metros de altura. Na região, encontram-se quatro sítios que fazem parte do Patrimônio Mundial da Unesco, entre eles, o Geirangerfjord, um dos fiordes mais preservados e belos do mundo.

 

Sardenha, Itália

As praias dos mais de 1.800 quilômetros do litoral da Sardenha são conhecidas por estar entre as mais bonitas e preservadas da Europa. Além de praias e florestas, a Sardenha também tem mais de 7 mil torres nuraghi, vestígios arqueológicos construídos há mais de 3 mil anos e dezenas de vilarejos charmosos em meio a belas paisagens mediterrâneas.

 

Messênia, Grécia

Conhecida principalmente pelas suas azeitonas, da variedade Kalatama, a região da Messênia, no sul do Peloponeso, tem um litoral tranquilo, belas praias bem preservadas, colinas e lugares históricos como a Olímpia, onde eram realizados os antigos Jogos Olímpicos, e o Templo de Apolo Epicuro.

Lagos de Plitvice, Croácia

A Croácia tem mais de 1.700 quilômetros de litoral, com magníficas praias e centenas de ilhas cercadas pelas águas azuis do Mar Adriático. No interior do país, a 135 quilômetros da capital Zagreb, está o Parque Nacional dos Lagos de Plitvice. Com 300 quilômetros quadrados, tem 16 lagos de águas turquesas, próximos uns aos outros em alturas diferentes, criando 96 cachoeiras entre os belíssimos lagos, envolvidos por uma flora abundante e paisagens raras e insólitas.

Sucesso de bilheteria

O filme New York, New York, dirigido por Martin Scorsese, completa 40 anos.

No mesmo dia em que termina a Segunda Guerra Mundial, o músico Jimmy Doyle, interpretado por Robert de Niro, e a cantora Francine Evans, personagem de Liza Minnelli, se conhecem, iniciando um romance e uma parceria artística. Porém, vivem momentos turbulentos enquanto buscam o sucesso.

 

O musical de Scorsese, visto como um dos maiores sucessos do cineasta nos anos 70, homenageia as grandes bandas americanas da década de 1940, época de Glenn Miller, Benny Goodman ou Tommy Dorsey.

 

O tema New York, New York, composto por John Kander e Fred Ebb, foi popularizado e acabou por permanecer como um hino à cidade. Além da gravação de Liza, as de Tony Bennett e Frank Sinatra projetaram a música em todo o mundo.

1/1

Please reload

© criado por

PAULO GASPAROTTO

"Sou jornalista e colunista há mais de 50 anos. Trabalhei nos principais jornais do Rio Grande do Sul, como Zero Hora, Correio do Povo e O Sul. Este site é para comemorar marco tão importante em minha carreira".

LOCALIZAÇÃO

(51) 3221-4774

Condomínio Residencial Rincão
R. Duque de Caxias, 979 - Apartamento 1

Porto Alegre-RS - CEP 90010-282
 

gasparotto.paulo@gmail.com

contato@paulogasparotto.com.br

CONTATO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon